Piauí
Inquérito investiga recebimento de gratificações exorbitantes em cidade do Piauí 13/01/2021

O Ministério Público do Piauí, através da promotoria de justiça de Esperantina, Converteu notícia fato em inquérito civil público para apurar supostas irregularidades praticadas nas prefeitura da cidade.

 

A notícias fato foi instaurada para apurar suposto recebimento de gratificações exorbitantes e ou não previstas em lei por servidores do município de Esperantina em 2020, quando a prefeita era Vilma Amorim (PT).

 

O promotor Adriano Fontenele Santos solicitou que fosse requisitado à Câmara Municipal de Esperantina para que, no prazo de 10 dias, a caso exista, o encaminhe cópia da lei municipal que criou a gratificação de produção, de condição especial de trabalho e de desempenho de atividades dos servidores públicos municipais.

 

Uma série de diligências foram determinadas para apuração do caso.

 

Fonte: Portal 180 graus