Piauí
Investimentos na Educação permitem melhor perspectiva de vida aos piauienses 24/01/2022

O Piauí reduziu em cerca de 14% o índice de analfabetismo entre os idosos com 60 anos ou mais de idade, e entre os mais jovens, a partir dos 15 anos de idade, a taxa de analfabetismo caiu para 16%, o que indica que os mais jovens estão tendo mais acesso à educação.

 

Essa redução é resultado do trabalho que o Governo do Estado vem realizando com o objetivo de alcançar a erradicação do analfabetismo no Piauí, um desafio para a gestão educacional estadual.

 

Investimentos na Educação permitem melhor perspectiva de vida aos piauienses

 

Além de trabalhar pela redução da incidência do analfabetismo na população piauiense, o Governo do Estado ainda pretende ampliar o atendimento educacional de jovens e adultos, assegurando a permanência e o sucesso do aluno na escola.

 

Para acelerar esse processo, em 2021, implantou o Programa de Alfabetização de Jovens Adultos e Idosos (PRO Aja), com objetivo de reduzir radicalmente o analfabetismo no estado e com a meta de atender 200 mil jovens, adultos e idosos até 2023.

 

O PRO Aja é realizado em parceria com instituições de ensino e com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). “A Seduc já credenciou 34 entidades para atender a demanda da alfabetização nos 224 municípios do estado. Essas entidades são responsáveis pela busca das pessoas analfabetas, pela contratação dos alfabetizadores e por toda a metodologia que será aplicada nas turmas”, explica Conceição Andrade, diretora da Unidade de Educação de Jovens e Adultos da Seduc.

 

Investimentos na Educação permitem melhor perspectiva de vida aos piauienses

 

Para combater o analfabetismo no Piauí, além do PRO Aja, o Governo do Estado implantou ainda o PRO Alfabetização na Idade Certa, que tem o objetivo de alfabetizar todas as crianças até os 7 anos de idade. A iniciativa, que é realizada em regime de colaboração com os municípios, teve 100% de adesão dos municípios piauienses, com expectativa de beneficiar mais de 200 mil crianças das escolas públicas de Educação Infantil e do ciclo de alfabetização (1º e 2º ano do Ensino Fundamental).

 

Escolas estaduais são modernizadas pelo PRO Piauí Educação

 

Investimentos na Educação permitem melhor perspectiva de vida aos piauienses

 

Concomitante com os investimentos na alfabetização, em 2021, o Governo do Estado iniciou o projeto de expansão e melhoria da Educação Básica do Piauí. Por meio do PRO Piauí Educação, as escolas da Rede Estadual de Ensino passam por reforma, ampliação e adaptações físicas, recebem equipamentos e mobiliário, além de substituição de prédios e construção de escolas novas.

 

Nesse sentido, estão previstas 800 obras estruturantes, com investimento de R$ 800 milhões, aproximadamente, recursos provenientes dos precatórios do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef).

 

Investimentos na Educação permitem melhor perspectiva de vida aos piauienses

 

Já foram concluídas 72 escolas, em 2021, totalizando R$ 15,7 milhões já investidos. Em 2022, mais escolas estão previstas para serem entregues de norte a sul do estado.

 

São 74 obras em execução, 67 já em licitação e mais de 500 já autorizadas pelo governador Wellington Dias para serem modernizadas e estão em fase de projeto e preparação para licitação. Só quem ganha são os estudantes e professores com o novo modelo padrão das escolas da Rede Estadual.

 

 

Fonte: Fala Piauí.com