Mundo
Menos de 1% dos vacinados desenvolvem um caso avançado de Covid-19 05/08/2021

Menos de 1% das pessoas totalmente vacinadas desenvolvem uma infecção grave por Covid-19, de acordo com uma análise da organização americana Kaiser Family Foundation (KFF).

 

Os casos de pessoas totalmente vacinadas que são infectadas e chegam a serem hospitalizadas ou até morrerem são conhecidos como “casos de emergência”, o que os especialistas dizem que são esperados, já que historicamente o mesmo é conhecido por ocorrer com outras vacinas, uma vez que nenhuma é 100% eficaz.

 

Menos de 1% dos vacinados desenvolvem um caso avançado de Covid-19

 

No estudo, os pesquisadores descobriram que a taxa de avanço relatada entre as pessoas totalmente vacinadas está bem abaixo de 1%, variando de 0,01% em Connecticut a 0,29% no Alasca. Isso foi possível saber a partir da análise dos dados de casos de Covid-19, internações e óbitos em sites e outras fontes oficiais dos 50 estados e da capital dos Estados Unidos.

 

Os dados obtidos revelaram que a taxa de hospitalização entre pessoas totalmente vacinadas contra o coronavirus variou de 00,00% na Califórnia, Delaware, DC, Indiana, Nova Jersey, Novo México, Vermont e Virgínia a 00,06% em Arkansas.

 

E que as taxas de mortalidade entre as pessoas totalmente vacinadas com Covid-19 foram ainda mais baixas, 0,00% em todos os estados, exceto dois, Arkansas e Michigan, onde foram de 0,01%. No entanto, o estudo realizado pela KFF indica que os números tanto de internações quanto de óbitos podem ou não ser devidos ao Covid-19.

 

Infecção por Covid-19 em pessoas não vacinadas ou com cronograma incompleto

 

Menos de 1% dos vacinados desenvolvem um caso avançado de Covid-19

 

O estudo também mostrou que mais de 9 em cada 10 casos de Covid-19, hospitalizações e óbitos ocorreram entre pessoas que não foram vacinadas ou que ainda não têm o esquema vacinal completo.

 

Os dados destacam que a proporção relatada de casos Covid-19 entre aqueles que não foram totalmente vacinados variou de 94,1% no Arizona a 99,85% em Connecticut. Enquanto no Alasca era de 95,02% e 99,93% em Nova Jersey; valores que podem ou não ser devidos ao COVID-19.

 

Dados divulgados pela KFF indicam que a grande maioria dos casos notificados de Covid-19, hospitalizações e mortes nos Estados Unidos estão entre aqueles que não foram vacinados ou não foram totalmente vacinados.

 

 

Fonte: Portal Terra.com