Piauí
Prefeito é investigado por prática de crime de apropriação indébita previdenciária 13/01/2021

O Ministério Público do Piauí, através da promotoria de justiça de Picos, instaurou procedimento investigatório criminal contra Gil Paraibano, o prefeito de Picos.

 

 

O procedimento visa apurar suposta prática do crime de apropriação indébita previdenciária.

 

O promotor Maurício Verdejo G. Júnior levou em consideração a notícia de fato em referência que advém de representação do Tribunal de Contas do Estado, por meio da qual foram noticiadas supostas irregularidades praticadas pelo prefeito Gil Paraibano enquanto prefeito municipal de Picos, no exercício de 2012.

 

Na análise do processo integral foi possível observar a suposta ocorrência do delito de apropriação indébita previdenciária, tendo como suposto autor o prefeito.

 

Gil deixou a prefeitura em 2012, mas em 2020 foi eleito para mais um mandato, tomando posse no dia 1º de janeiro de 2021.

 

 

Fonte: Portal 180 graus