Notícia
Três investigados da operação Smoke Free se entregam à Polícia Federal no Rio de Janeiro. 29/11/2022

Mais três integrantes de uma quadrilha especializada na compra e venda ilegal de cigarros se entregaram à Polícia Federal no Rio de Janeiro nesta segunda-feira, 28. Eram dois bombeiros e um polícial militar. Ao todo, 17 pessoas foram presas no âmbito da operação Smoke Free, dentre eles o filho do ex-governador Sergio CabralJosé Eduardo Cabral, que integrava a quadrilha investigada pela PF. Neves Cabral se entregou à polícia na semana passada, após ter se tornado alvo da operação e passar a ser considerado foragido. A Justiça expediu mais de 20 mandados de prisão e 50 de busca e apreensão contra o grupo. Um dos principais alvos da operação, Adilson Coutinho Oliveira Filho, conhecido como Adilsinho, continua foragido. Ele estaria nos Estados Unidos. Durante a pandemia da Covid-19 ele ficou conhecido por ter promovido uma grande festa no Copacabana Palace, na zona sul do Rio de Janeiro. Na ocasião, ele contratou buffet luxuoso e artistas populares famosos da música brasileira. A quadrilha investigada teria sonegada R$ 2 bilhões em impostos.

 

 

 

 

 

Fonte: Jovem pan.com